Como escolher revestimento ideal? Descubra aqui!

Como escolher revestimento ideal? Descubra aqui!

Quando decidimos construir ou reformar, nos deparamos com diversos detalhes que precisam de atenção. Para que a obra seja resulte em um ambiente belo, seguro e duradouro, precisamos optar pelos melhores materiais em todas as etapas. Escolher o revestimento ideal é um deles e é preciso cuidado para definir a alternativa que melhor atenderá as demandas do projeto.

Esse tipo de acabamento é fundamental e deve ser decidido de forma estratégica para que o conjunto da obra fique bem-feita. Escolher o revestimento do imóvel é um ponto essencial na hora da realização de uma obra, já que ele oferece diversos benefícios e praticidades. E você sabia que escolher corretamente o revestimento pode ser um dos principais fatores de valorização de imóvel? Ao escolher os porcelanatos de grandes formatos, por exemplo, automaticamente você já eleva o padrão de um ambiente.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo este post e descubra a importância da escolha certa do revestimento e como realizar essa etapa com sucesso. Boa leitura!

Como a escolha do revestimento pode fazer total diferença em um imóvel?

O mercado oferece inúmeras opções de revestimento de várias cores e texturas, tecnologias diferentes, tratamentos versáteis e materiais distintos. Por isso, é fundamental conhecer os principais tipos de revestimentos para adequar o que melhor atenderá aos propósitos do projeto.

A escolha do revestimento ideal para sua obra é essencial para o sucesso dos trabalhos, além de evitar muitos transtornos e dores de cabeça no futuro. Avalie a beleza e a estética do produto, mas também a funcionalidade e a durabilidade de cada modelo. O acabamento influencia na limpeza e manutenção do cômodo, além de interferir na durabilidade de todo o ambiente.

Quais são os principais tipos de revestimento?

Como dissemos, existem vários tipos de revestimento e cada um tem uma aplicabilidade e duração diferente. Cerâmicas, porcelanatos, revestimentos de paredes, pastilhas, papel de parede, são alguns tipos de acabamento. Conheça agora os principais.

Cerâmica

A cerâmica é um revestimento muito comum nos projetos arquitetônicos. Ela pode ser aplicada em paredes e pisos, é de fácil manutenção e limpeza, e muito versátil, podendo ser usada em ambientes internos e externos. Existe muita variedade de modelos com versões e formatos diferenciados, texturas e cores.

Porcelanato

porcelanato é mais moderno, versátil e resistente do que a cerâmica, já que seu processo produtivo é realizado com uma tecnologia diferenciada, o que faz desse produto mais resistente. Além disso, esse revestimento tem menos porosidade e absorção próxima a zero, o que aumenta as possibilidades de aplicação. Você pode especificar o porcelanato para qualquer tipo de ambiente, seja para piso ou parede.

Monoporosa

A monoporosa (ou revestimento de paredes) é perfeito para quem quer deixar as paredes com mais personalidade. Este tipo de revestimento apresenta inúmeras opções de relevos 3D e muitos desenhos diferentes. Ou seja, falou em decorar paredes, o revestimento de paredes é perfeito pra uma decoração linda, duradoura e com muita facilidade de limpeza, se compararmos com outros materiais como papel de parede e gesso e outros do tipo.

Madeiras e laminados

As madeiras são muito procuradas tanto em sua forma natural quanto nos revestimentos que imitam sua textura. As aplicações podem ser em pisos laminados, taco, assoalho ou tábua corrida e madeira de demolição. Esse material proporciona uma decoração mais rústica e de muito bom gosto ao ambiente. A sugestão é sempre optar por materiais que unem a beleza da madeira com maior superioridade técnica, como os porcelanatos e monoporosas.

Vinílico

Em geral, esse revestimento é comercializado em formato de placas, réguas ou mantas. De aplicação simples, o vinílico também é atrativo pela velocidade de instalação e por proporcionar uma obra muito limpa. Também é um tipo de revestimento que é fácil de limpar.

Como escolher o revestimento ideal para cada ambiente?

Muitos detalhes devem ser avaliados na hora de escolher o revestimento ideal para os diferentes cômodos da residência, mas o importante é sempre adequar a melhor alternativa às demandas e necessidades do imóvel. Com algumas dicas e estratégias, é possível usar os melhores materiais e garantir o sucesso da sua obra.

Entenda as diferentes finalidades dos ambientes

Um imóvel tem vários ambientes que pedem revestimentos e decorações distintas. Temos as áreas mais particulares, onde se localizam os quartos, e as outras áreas consideracas como sociais, que incluem salas de estar e jantar. Além disso, temos os ambientes considerados molhados, que são: chão de lavanderia e piso do box do chuveiro. Nestes, a melhor opção é sempre escolher o porcelanato acetinado AD2.

Nos quartos, o vinílico é uma ótima opção, porque proporciona conforto térmico. Já nas salas, que têm maior circulação de pessoas, a melhor alternativa são os revestimentos de fácil limpeza e com mais resistência, como o porcelanato. Peças que imitam madeira ou pedras que deixam o local mais bonito, além de serem mais resistentes e de manutenção mais prática, oferecem o mesmo visual estético.

Separe área externa da área interna

O revestimento para piso da área interna e externa deve ser diferente. Isso porque os espaços fora da residência necessitam de um cuidado maior na hora da escolha.

Ambientes externos descobertos pedem pisos com textura mais segura, visto que podem ficar molhados ao receber água da chuva. Esses revestimentos também devem ser resistentes para aguentar outros fatores climáticos, como sol quente direto e garantir a resistência aos riscos mesmo com alto tráfego.

Por isso, o mais indicado é o porcelanato externo, com classificação AD4, para entregar mais segurança ao espaço mesmo molhado. O porcelanato AD4 também é ideal para as áreas ao redor de piscinas. Para áreas externas com cobertura, os porcelanatos AD2 são perfeitos.

Para as paredes das áreas externas você pode escolher qualquer revestimento de parede ou porcelanato da Biancogres.

Avalie o alto, baixo e médio tráfego

O fluxo de pessoas que passa pelo cômodo também faz a diferença na hora da escolha do melhor revestimento. Em locais onde o tráfego de pessoas é mais intenso, dê preferência para pisos mais resistentes e de longa duração, como o porcelanato. Em locais onde menos pessoas transitam, o piso vinílico pode ser uma boa opção.

Escolha as cores conforme a personalidade dos clientes

As cores dos revestimentos influenciam na decoração e têm o poder de transformar o ambiente, deixando tudo da forma que os moradores sonham. Em cômodos pequenos, prefira cores claras que dão a sensação de amplitude. Se quiser aumentar a elegância e conforto do local, escolha cores escuras e materiais nobres, como porcelanato com design de mármore e madeira em pontos estratégicos.

Já os revestimentos decorados e coloridos, têm a capacidade de deixar qualquer cômodo mais descontraído. Mas não se esqueça que as cores também proporcionam reações físicas nas pessoas e, por isso, avalie a funcionalidade de cada ambiente para escolher o tom mais adequado.

Portanto, é importante conhecer as características de cada cômodo para escolher o revestimento ideal. Dessa forma, é possível garantir durabilidade e segurança para o imóvel. Além disso, com a variedade de revestimentos que o mercado oferece, você pode deixar sua casa muito mais a sua cara.

Fonte: Biancogres